quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Dez coisas que levei anos para aprender


1. Uma pessoa que é boa com você, mas grosseira com o garçom, não pode ser uma boa pessoa.
2. As pessoas que querem compartilhar as visões religiosas delas com você, quase nunca querem que você compartilhe as suas com elas.
3. Ninguém liga se você não sabe dançar. Levante e dance.
4. A força mais destrutiva do universo é a fofoca.
5. Não confunda nunca sua carreira com sua vida.
6. Jamais, sob quaisquer circunstâncias, tome um remédio para dormir e um laxante na mesma noite.
7. Se você tivesse que identificar, em uma palavra, a razão pela qual a raça humana ainda não atingiu (e nunca atingirá) todo o seu potencial, essa palavra seria "reuniões".
8. Há uma linha muito tênue entre "hobby" e "doença mental".
9. Seus amigos de verdade amam você de qualquer jeito.
10. Nunca tenha medo de tentar algo novo. Lembre-se de que um amador solitário construiu a Arca. Um grande grupo de profissionais construiu o Titanic.
Luís Fernando Veríssimo

Um comentário:

  1. Essa parada aiii .. muitas pessoas tinha que ler esse texto !! apreender a lidar um pouco na vidaa ..

    ResponderExcluir

Instagram

Receba por e-mail

Perfil

Minha foto

Eu sou Gabriel, moro no Rio de Janeiro e tenho 18 anos. Terminei o colégio em 2015, pretendo cursar faculdade de publicidade e amo dividir a minha opinião e tudo o que eu vejo de mais legal no mundo com as pessoas!

Quando criei o blog To na aborrescência meu objetivo não era bem dividir as coisas mais legais. Logo no início o blog era muito pessoal, onde eu dividia os meus textos melancólicos. Porém vi que além desses textos eu poderia compartilhar meus momentos felizes também.

Desde pequeno eu sempre gostei de tv, teatro e fotografia. Para ser sincero eu sempre gostei de tudo em que havia manifestação da arte, por esse motivo quando eu tinha uns 6/7 anos de idade minha mãe me colocou em uma agencia de modelos, onde fiz alguns trabalhos publicitários. Mas somente depois de um período difícil de depressão, devido a perda do meu pai, que tive em 2011, com 14 anos, comecei a fazer o curso de modelo e manequim e figuração fixa por um ano na rede Globo, em Malhação. (Que foi um dos melhores momentos da minha vida após a depressão).

Hoje o blog é muito mais que um simples refúgio. Ele faz parte da minha vida e tudo o que eu penso, falo ou sonho vem sempre pra cá! Tenho um carinho enorme por esse cantinho, ele é meu espaço livre para eu compartilhar tudo o que eu gosto. E que tal conversarmos? Você pode me chamar aqui a qualquer momento, ok? 

Papo 10

Posts mais vistos

Curta também!

Link-me


Tecnologia do Blogger.