terça-feira, 30 de julho de 2013

Quando é a hora certa de sair de casa?



Depois de anos vivendo com as mesmas pessoas, com as mesmas regras e aturando as mesmas manias. Um dia cansamos, queremos o nosso próprio espaço, fazer coisas que em família não poderíamos fazer, ter a sensação de liberdade, comer os doces da geladeira sem colher, beber refrigerante do gargalo, andar de pijama o dia todo, virar a madrugada assistindo séries, ufa! Cansei! Enfim, fazer tudo na hora que queremos.
São muitas coisas que ganhamos quando decidimos ter um cantinho só nosso, porém perdemos por um lado. Agora você tem uma responsabilidade maior como pagar as contas, fazer comida, arrumar a casa, fazer o seu horário e sem ninguém para lembrar você de mandar as roupas pra lavanderia ou tirar a comida do fogo. No começo imagino que deve ser bem complicado, mas eu acho que nada supera a sensação de liberdade que um dia todos nós teremos quando sair da casa dos nossos pais.
Morar sozinho acho que me ajudaria a crescer e tomar as minhas próprias decisões, sendo elas boas ou ruins. Se desapegarem das suas camas, deixar os seus pais e o cheirinho da sua casa não deve ser uma tarefa fácil, a vontade de ficar vai gritar dentro de todos nós, tenho certeza disso. Porém teremos que ser fortes, resistir e pensar nas coisas boas que viram e por enquanto que vivemos com eles, temos que aproveitar. Por que amanhã pode ser que não acordemos com a companhia deles. E você já mora sozinho ou já pensou em morar?

0 comentários:

Instagram

Receba por e-mail

Perfil

Minha foto

Eu sou Gabriel, moro no Rio de Janeiro e tenho 18 anos. Terminei o colégio em 2015, pretendo cursar faculdade de publicidade e amo dividir a minha opinião e tudo o que eu vejo de mais legal no mundo com as pessoas!

Quando criei o blog To na aborrescência meu objetivo não era bem dividir as coisas mais legais. Logo no início o blog era muito pessoal, onde eu dividia os meus textos melancólicos. Porém vi que além desses textos eu poderia compartilhar meus momentos felizes também.

Desde pequeno eu sempre gostei de tv, teatro e fotografia. Para ser sincero eu sempre gostei de tudo em que havia manifestação da arte, por esse motivo quando eu tinha uns 6/7 anos de idade minha mãe me colocou em uma agencia de modelos, onde fiz alguns trabalhos publicitários. Mas somente depois de um período difícil de depressão, devido a perda do meu pai, que tive em 2011, com 14 anos, comecei a fazer o curso de modelo e manequim e figuração fixa por um ano na rede Globo, em Malhação. (Que foi um dos melhores momentos da minha vida após a depressão).

Hoje o blog é muito mais que um simples refúgio. Ele faz parte da minha vida e tudo o que eu penso, falo ou sonho vem sempre pra cá! Tenho um carinho enorme por esse cantinho, ele é meu espaço livre para eu compartilhar tudo o que eu gosto. E que tal conversarmos? Você pode me chamar aqui a qualquer momento, ok? 

Papo 10

Posts mais vistos

Curta também!

Link-me


Tecnologia do Blogger.